Como ser um redator

A profissão de redator é muito mais comum do que se imagina. Essa profissão é comum graças a profissionalização e crescimento de sites de notícias e blogs.

Com esse mercado em alta, a procura por esses profissionais é grande, onde o redator tem a função de alimentar os grandes portais e blogs com conteúdo de qualidade, o chamado marketing de conteúdo.

Resumindo, o redator é o profissional que utiliza sua habilidade com a escrita para trabalhar escrevendo para blogs e sites de notícias. É uma profissão com muita demanda!

Se você tem interesse mas não sabe como ser um redator de sucesso, criamos esse conteúdo bem legal com algumas dicas e informações que podem ajudar!

O que faz um redator

o que faz um redator

A profissão de redator é assumida por aqueles que se responsabilizam pela elaboração de conteúdo escrito. Sendo assim, um redator produz todo tipo de texto para os mais variados fins.

Com a popularização do marketing digital essa profissão deu um salto de crescimento nos últimos anos.

A produção de conteúdo se tornou o foco de muitas empresas para atraírem novos clientes, conhecido como marketing de conteúdo.

Com isso, a procura por redatores acompanhou essa nova demanda. Cabe ao redator então, elaborar textos dentro das especificações definidas por uma pessoa ou empresa.

Sendo assim, a profissão de um redator vai além de apenas empregar a criatividade na escrita.
Quando contratado, ele invariavelmente recebe a chamada pauta, que funciona como um guia para a construção textual. Assim, ele toma nota de quem é o público-alvo, o tipo de linguagem, a dimensão do texto, entre outras definições.

Além da criatividade e de atenção à pauta requisitada, o redator precisa ter disposição para a pesquisa. Afinal, ele deve levantar o maior número de informações antes de começar a redigir o seu texto.

É preciso entregar uma produção que possua relevância em seu conteúdo.

Portanto, a profissão do redator exige que se tenha um senso crítico apurado e capacidade de escrita original. Quem apenas compila informações de diversos textos e as reúne em um único bloco não é redator, é copista.

Os textos solicitados ao redator integram as mais diversas mídias comunicativas. Desde blogs e sites da internet até agências de publicidade, jornais e revistas. Com isto, ele não se prende a um único formato de trabalho.

Pode trabalhar de forma fixa ou como freelancer, presencialmente ou inteiramente online.
Toda esta comodidade garante ao redator flexibilidade e liberdade muito grande de trabalho.

Com empenho e dedicação, quem gosta de escrever pode certamente garantir uma renda extra ao fim do mês.

Trabalhar como redator freelancer

trabalhar como redator freelancer

Além da oportunidades de conseguir emprego como redator em agências de marketing e publicidade, o profissional também pode trabalhar como redator freelancer e também trabalhar como redator home office, ou seja, trabalhar diretamente de sua casa.

Inclusive, é um modelo de trabalho muito comum atualmente! Existem diversas empresas e plataformas que atuam com a produção de textos para a internet. É um mercado amplo e que ganha cada vez mais espaço entre pessoas que gostam de escrever.

Como a intenção desse artigo aqui é ajudar a pessoa que deseja trabalhar como redator, listamos abaixo algumas dicas para você ter sucesso trabalhando como redator. Confira!

Cadastre-se em plataformas

Para quem quer começar a trabalhar como redator freelancer é imprescindível manter cadastro em plataformas deste nicho. Afinal, conseguir por conta própria clientes sendo totalmente “verde” é bem mais complicado.

Nas plataformas freelancers você cria perfis através dos quais pode oferecer o seu trabalho. E não se preocupe porque a maioria delas não te cobra por este cadastro. Exemplos de plataformas desta natureza são a Workana e o 99freelas.

Crie um portfólio

Um portfólio funciona como um catálogo onde você exibe seus trabalhos e pode apresentá-lo para prováveis clientes. Assim, é muito mais fácil alguém te contratar depois de conhecer um pouco das suas habilidades.

Muitas ferramentas hoje em dia viabilizam a criação gratuita de portfólios como é o caso do Linkedin. Lá você pode criar seu perfil e expor seus melhores trabalhos. Contudo, se você ainda não produziu nada contratado, pode simplesmente criar peças por conta própria apenas para demonstração.

Cobre um valor justo

Geralmente, quem pensa em trabalhar como redator fica indeciso quanto ao preço a cobrar pelos seus serviços. Desta forma, enquanto uns cobram valores exorbitantes, outros cobram quase nada pelo seu trabalho.

Isso termina gerando uma oscilação que prejudica muito toda a comunidade freelancer.
Sendo assim, cobre preços que você julgue justos para você e para seu cliente.

Leve em conta que você não possui custos fixos como de grandes agências. Mas, considere e valorize seu tempo e empenho gastos na produção de cada trabalho.

Capacite-se

Quanto mais habilidades você puder apresentar em forma de certificações mais chances você tem. Portanto, não pare de estudar e buscar cursos que complementem e aprimorem seu conhecimento.

Quem pensa em trabalhar como redator freelancer precisa ter flexibilidade total e se adaptar às demandas do mercado.

Quanto ganha um redator

Quanto ganha um redator

Com certeza esta é uma das maiores inquietações quando o assunto é a profissão redator. Quem pensa em se lançar na carreira se questiona se realmente o salário de um redator é atraente.

Porém, o fato é que não há como definir piso salarial para o redator profissional. Assim, não se pode determinar quanto ganha um redator profissional.

Mesmo porque o trabalho de redator pode assumir inúmeros formatos. Afinal, ele pode trabalhar em regime de contratação, como freelancer ou ambos. E a cada cenário a precificação dos serviços varia consideravelmente.

Contudo, é fato que quanto mais tempo na profissão de redator mais estabilidade você ganha para poder estipular seu preço. Desta forma, a longo prazo, é possível o redator estabelecer uma renda extra fixa. Com planejamento, financeiro e estratégico, pode-se chegar até mesmo a
independência financeira.

Por outro lado, é importante se atentar à tabela de preço de seus concorrentes e da realidade do momento. Segundo pesquisa da Rock Content, referência em marketing de conteúdo, os ganhos de um redator oscilam entre R$ 1000 e R$ 5000.

Nestes valores estão envolvidos alguns critérios próprios do freelancer, que definirão:

  • Habilidade com a temática da pauta
  • Domínio da língua portuguesa
  • Cumprimento de prazo
  • Celeridade na produção do conteúdo

Quem tem interesse em trabalhar como redator, pode decidir trabalhar por hora ou por projeto. Assim, estes critérios também influem no fluxo e no nível de seus rendimentos.

Quanto mais disponibilidade de tempo você tiver mais trabalhos por hora você pode acordar. Por outro lado, para quem concilia a atividade freelancer com outros compromissos é mais adequado cobrar por projetos individuais.

Fato é que, quanto mais capacitado você for maiores são as suas chances de faturar. Portanto, não pare de aprender e buscar especialização em sua área.

Vale lembrar que, na profissão redator, quanto mais especialista você for em um nicho, mais você pode cobrar.

Como ser um redator de sucesso

como ser um redator de sucesso

Como ser redator de sucesso diante de um mercado cada vez mais competitivo? Certamente, este tem sido um dos maiores questionamentos de redatores profissionais. Com a crescente demanda de conteúdo por parte do marketing empreendedor é preciso ofertar excelência para se destacar.

Mas como se posicionar como referência e construir uma carreira de sucesso enquanto redator freelancer?

Jamais pare de aprender

Um bom profissional, seja em qualquer área, deve investir continuamente em aprendizado. As exigências do mercado mudam constantemente, novas ferramentas são criadas a todo o tempo. Assim, não há como ser redator de sucesso sem investir em capacitação.

Há muitos cursos, gratuitos inclusive, voltados especialmente para este público. Antenado com as demandas do mercado você não se limita a projetos menos específicos. Além disto, fortalecer o uso do português é essencial, deslizes ortográficos e gramaticais são inaceitáveis.

Seja organizado e mantenha um planejamento

Planejamento e organização são a chave do seu trabalho. Conheça sua capacidade produtiva, estabeleça os horários e tenha um calendário para suas atividades. Desta forma, você pode estabelecer prazos com mais precisão para seus clientes.

Assim, você toma nota das demandas que consegue atender, adaptando à realidade do seu dia-a-dia. Não há como ser redator próspero sem manter o dinamismo na condução do seu trabalho.

Cative os clientes

Como ser redator de sucesso sem cativar o cliente? Isso é simplesmente impossível. É preciso, além de entregar um bom trabalho, cumprir prazos e manter uma relação de parceria com o cliente. Procure cativá-lo desde o primeiro contato no lançamento de propostas de trabalho.
Clientes satisfeitos são um chamariz para novos clientes. Assim, além de manter clientes recorrentes e fidelizados, um bom trabalho sempre atrai novos contratantes.