Consultar carteira de trabalho

Passou pela entrevista de emprego, foi contratado e começou a trabalhar na empresa, depois de um tempo você se perguntou: como consultar a carteira de trabalho? Será que minha carteira está registrada mesmo? Pois bem, vamos tirar essas dúvidas nesse rápido artigo.

Bom, a empresa deve assinar a carteira de trabalho de todo funcionário que foi contratado, caso contrário pode pagar multa. Isso todo mundo sabe, acontece que mesmo sabendo dessa consequência da multa, algumas empresas ainda insistem em manter a prática de não registrar seus funcionários e assinar suas carteiras de trabalho, trazendo outras consequências desagradáveis, como por exemplo a perda de alguns direitos, a aposentadoria é um deles.

As anotações na carteira de trabalho figuram no artigo 29 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), onde é exigido que o empregador (chefe) registre na carteira de trabalho do seu funcionário a data de admissão, salário e condições especiais, caso seja necessário, no prazo de 48 horas.

Como consultar a carteira de trabalho

Pois bem, agora que você já sabe que a empresa deve registrar um funcionário para não pagar multa, chegou a hora de saber como consultar os registros de uma carteira de trabalho.

Continuando sobre o assunto dessa página, a forma mais comum e rápida de fazer uma consulta em uma carteira, é folheando a própria, mas também existem outras formas fáceis de fazer essa consulta à carteira de trabalho, essas formas são duas: RAIS e INSS. Sim, além de folhear sua carteira de trabalho para fazer a consulta, através da RAIS e do INSS você também consegue consultar.

Saiba como consultar se carteira de trabalho está assinada

Consultar carteira de trabalho através da RAIS

Toda empresa precisa declarar para o Ministério do Trabalho o seu quadro de funcionário anualmente, essa declaração é feita através da RAIS, que é a sigla de “Relação Anual de Informações Sociais”. Ela é um relatório de informações que foi instituído em 1975.

Através desse relatório da RAIS, a empresa não informa ao Ministério do Trabalho apenas o vínculo empregatício de todos os seus colaboradores, mas informa também todos os benefícios aos quais esses colaboradores tem direito, como por exemplo:

É possível que o funcionário faça uma consulta da RAIS pela internet, através desse link. Será necessário apenas informar o número do PIS/PASEP do funcionário para fazer a consulta. O número do PIS/PASEP do funcionário geralmente fica na última folhada carteira de trabalho.

Consultar carteira de trabalho através do INSS

Quando você tem a carteira assinada, é obrigação da empresa recolher (pagar) de 8% a 11% do salário bruto do funcionário destinado a Previdência Social. O recolhimento do INSS inclusive é descontado do salário do trabalhador, e é feito mensalmente.

Isso significa que após completar 30 dias de trabalho você já pode consultar seu saldo e certificar se possui saldo no INSS. Caso não tenha saldo, significa que a empresa não está fazendo os depósitos. Se a empresa não estiver fazendo os depósitos do INSS, significa que ela pode não ter assinado sua carteira, ou na melhores das hipóteses os depósitos só estejam atrasados.

Poucas pessoas sabem, mas para consultar seu saldo do INSS você pode usar o aplicativo Meu INSS oferecido pelo DATAPREV (uma empresa do governo).

Uma outra dica também, é que para consultar se a carteira de trabalho está assinada ou não, você pode comparecer pessoalmente na Previdência Social ou ligar para o telefone 135, onde você consegue informações sobre os serviços da Previdência Social. Também é possível consultar pela internet acessando esse link.

Para conseguir consultar o Extrato CNIS (Extrato de vínculos e contribuições à Previdência) do INSS, será necessário informar o número do PIS/PASEP.