Investimentos de alto risco, vale a pena apostar neles?

No mercado financeiro existe uma relação direta entre risco e rendimento dos investimentos. Ou seja, se você quer investir, você pode optar por um investimento seguro e de baixa rentabilidade, ou você pode optar por um investimento de maior rentabilidade com risco proporcionalmente maior.

Mas em alguns casos, ainda que o rendimento seja realmente tentador, o risco pode ser extremamente elevado. De tal modo, que para alguns investidores a rentabilidade pode não compensar o risco associado.

E para você saber até que ponto vale a pena apostar em investimentos de alto risco, este artigo irá apresentar as principais características destes investimentos.

O Que São Investimentos De Alto Risco?

Os investimentos de alto risco são negociações em ativos cujos preços podem variar muito em um curto espaço de tempo. Por isso, são investimentos que podem ser lucrativos, mas potencialmente muito arriscados.

Na prática, não há como prever com certeza se um ativo irá valorizar ou desvalorizar. Igualmente, não há como estimar com precisão qual será a variação em determinado período. Por isso, não há muita segurança acerca de qual a taxa de lucro ou até mesmo de prejuízo que você pode ter ao investir nestes ativos.

Mercados de Ações Individuais e Bolsa de Valores

O mercado de bolsa de valores funciona através da negociação de ações individuais de empresas com pessoas físicas. O investidor compra ações de empresas que ele acredita que terão maior valorização no mercado e, com isso, passa a ter lucro.

Por exemplo, você compra uma ação de uma empresa a R$ 1.000,00. Ao longo de cinco anos, a ação passa por flutuações de valorização e desvalorização, de modo que ao final deste período cada ação passa a valer R$ 1.380,00.

Assim você tem uma valorização de seu patrimônio e pode sacar este valor através de sua corretora. Este tipo de transação é o chamado investimento em fundo compartilhado, pois a empresa compartilha ações com diversos investidores.

No entanto, quem está iniciando no mundo do mercado financeiro também pode investir em ações individuais. Dentro das devidas proporções, muitas vezes acabam sendo mais lucrativas que as ações de fundo compartilhado.

Day Trade

As chances de ter lucro significativo com as operações day trade são tentadoras. No entanto, são operações de prazo extremamente curto, que se baseiam em apostar nas oscilações que uma ação faz ao longo de um dia.

São operações recomendadas para pessoas que entendem as flutuações do mercado o suficiente para inferir com precisão quais as tendências de valorização e desvalorização. Mas para quem ainda possui pouca familiaridade com o mercado financeiro e não consegue interpretar as tendências dos ativos, investir em day trade pode ser bem arriscado.

Certificado de Operações Estruturadas

O Certificado de Operações Estruturadas (COE) consiste em uma espécie de “centralizador”, que pode incluir renda fixa e variável.

Investimentos De Alto Risco, Vale A Pena Apostar Neles?

Cada COE tem sua própria taxa de rentabilidade e seu próprio risco de perda do capital investido, de modo que em alguns casos, investir em COE pode parecer vantajoso e, em outros casos, o risco é estatisticamente maior que seu potencial de valorização.

Ainda assim, investir em COE pode ser uma estratégia interessante para quem quer começar a apostar em investimentos de alto risco, como forex e opções binárias.

No entanto, sempre deve-se lembrar que, por mais que haja certa segurança nos investimentos em COE, muitas vezes a pessoa perde ao menos parte do valor aplicado, ou simplesmente perde a oportunidade de aplicar aquele valor em uma renda fixa com menor risco.

Portanto, o COE é uma boa opção para quem quer expandir sua carteira de investimentos. Mas não é recomendado considerar este o único investimento.

Investidor-Anjo de Startups

O aumento significativo na criação de startups nos últimos anos fez com que este tipo de investimento tenha se popularizado no Brasil recentemente.

Em suma, um investidor-anjo é uma pessoa física que aplica seu próprio patrimônio em empresas iniciantes, mas que já possuem alto potencial de crescimento (as chamadas startups).

Neste caso, além de conhecer o mercado financeiro, também é importante você ter boa noção de empreendedorismo, saber avaliar o nicho de mercado que a empresa atua e prever com segurança qual potencial de valorização da empresa nos próximos anos. Feito isso, ser um investidor-anjo de uma startup pode ser uma excelente opção para você que queira fazer um investimento de alto risco.

Ofertas Públicas

Em resumo, uma oferta pública é o que ocorre quando uma corporação disponibiliza ativos para capturar recursos e implementar seu negócio. Fundos de investimento, fundos imobiliários e ações são alguns exemplos de ofertas públicas que podem ser disponibilizadas.

É o tipo de investimento cujos riscos são influenciados tanto por oscilações do mercado, quanto por varrições do próprio investimento. Ainda assim, em situações propícias tende a ser um investimento de alta rentabilidade.

Contratos Futuros

Os contratos futuros são investimentos semelhantes a ações, porém o que você compra são produtos físicos. Mas os riscos e o potencial de lucro são bastante semelhantes.

Imagine que você tenha comprado 10 barris de petróleo, cada um a U$ 50,00, em um contrato futuro de 3 anos. Vencendo o contrato, você vende os barris pelo valor de mercado atual, com a inflação corrigida.

Normalmente, o produto terá valorizado anualmente, seguindo o fluxo da inflação. Desta forma, você terá investido U$ 500,00 e irá vender os barris por U$ 700,00, por exemplo.

No entanto, você deve considerar a possibilidade do produto em questão acabar desvalorizando com o passar dos anos. Neste caso, você terá investido um valor que não conseguirá recuperar e, portanto, terá prejuízo em seu investimento.

Por isso, é fundamental fazer as análises certas e estudar o mercado com a técnica certa para poder investir em contratos futuros sem ter prejuízo.

Câmbio

Muitas pessoas desconhecem ou tem pouco contato com os investimentos em câmbio, mas estes ativos são opções interessantes para você se proteger das oscilações do mercado internacional.

Em suma, este investimento de alto risco consiste na compra de títulos em uma moeda estrangeira (Dólar, Euro, Libra, etc).

Caso haja valorização da moeda em questão, ou desvalorização do Real em relação a esta moeda, você ganha o equivalente a taxa de inflação naquele período.

É preciso fazer um investimento alto para que o lucro seja compensatório, mas o risco normalmente é bem reduzido em comparação a outros investimentos de alto risco com o mesmo rendimento.

Deixe um comentário