Mentir no currículo- Vale a pena?

Mentir no currículo, Vale a pena? O mercado de trabalho vem se tornando cada vez mais desafiador, então encontrar um bom emprego é uma verdadeira guerra, para ter maiores chances muitas pessoas acabam mentindo no currículo.

Mas será que mentir no currículo vale a pena? ter um currículo bem montado realmente pode trazer vantagens na hora da seleção, geralmente em um processo seletivo mais rápido as mentiras podem não ser percebidas e o candidato acaba sendo contrato.

Contudo, depois de algum tempo no trabalho as mentiras no currículo podem ser mostrar uma armadilha que vai acabar colocando você de volta no desemprego, nesse artigo vamos analisar o impacto da mentira no currículo e ver se ela realmente vale a pena.

Mentira no currículo durante a seleção

Mentir no currículo- Vale a pena?
Mentir no currículo- Vale a pena?

Sem dúvidas este é o momento em que a mentira no currículo vai ter um impacto maior, em uma seleção grande com muitos candidatos é pouco provável que todas as informações do seu currículo sejam verificadas.

Sendo assim mentir no currículo pode realmente levar o candidato mais longe durante o processo seletivo e às vezes até mesmo pode ser o bastante para conseguir a vaga no caso de oportunidades mais amplas com várias vagas disponíveis.

O problema real começa quando o processo seletivo vai ser mais fechado, quando existe apenas uma ou duas vagas e os candidatos precisam se provar, ao mentir no currículo o candidato criar uma armadilha para si mesmo.

Mentiras mais comuns no currículo

Mentir no currículo- Vale a pena?
Mentir no currículo- Vale a pena?

A prática de mentir no currículo é super comum, mesmo que você pense que vai passar despercebido isso provavelmente não vai acontecer uma vez que os entrevistadores já conhecem as mentiras mais comuns que são:

  • Cursos de língua estrangeira
  • Experiências anteriores
  • Formação escolar

Com uma análise mesmo rápida é possível descobrir estas mentiras rapidamente e com isso fazer o candidato passar por perguntas simples que ele não vai conseguir responder.

Nesse caso as mentiras mais comuns são sem dúvidas uma armadilha que vai acabar com a entrevista muito rápido e deixar o candidato na mão.

Mentiras no currículo depois da contratação

Uma vez que a mentira foi colocada no currículo ela pode render resultados, o candidato pode ser contratado pelo conjunto de habilidades e experiências que ele afirma ter e com isso conseguir o emprego.

Mesmo que no emprego em questão ele não precise colocar em ação todas as qualidades que ele afirmou ter isso ainda pode se tornar um problema uma vez que cedo ou tarde o emprego vai exigir que estas habilidades sejam colocadas em uso.

Uma vez que fique claro que as informações no currículo eram mentira, a tendência é o fim do contrato por justa causa bem como uma mancha permanente na carreira profissional uma vez que o caso ficou conhecido por outras empresas.

Como criar um currículo de qualidade sem mentir

Para garantir que seu currículo tenha maior potencial mas sem colocar mentira você apenas precisa seguir este passo a passo:

  1. Faça cursos: fazer novos cursos é uma ótima forma de melhorar o seu currículo e você pode colocar os cursos no currículo desde o primeiro dia, mas lembre de deixar claro que você ainda está cursando.
  2. Faça trabalho voluntário: para ganhar experiência você não precisa estar trabalhando com carteira assinada, trabalho voluntário te permite ter domínio do seu tempo ao mesmo tempo que fornece experiência na sua função.
  3. Aplicativos de línguas: Existem vários aplicativos no mercado que podem te ajudar a dominar línguas estrangeiras, alguns dos melhores são de graça e podem te ajudar a conseguir a habilidade de verdade mesmo sem ter o diploma e isso vale muito mais do que um diploma. 

Agora você já pode criar seu próprio currículo sem mentiras e mesmo assim conquistar seu espaço no mercado de trabalho. 

Quero aprender mais!

Continue aprendendo sobre crescimento profissional, aproveite para ler nosso artigo sobre: Profissões para quem gosta de ler.

1 comentário em “Mentir no currículo- Vale a pena?”

Deixe um comentário