Os países mais empreendedores do mundo

É fato que a região e a economia do país influenciam diretamente na situação dos antigos e novos empreendedores. Ao passar por uma crise, por exemplo, a tendência é que os negócios diminuam seu ritmo e até mesmo precisem fechar suas portas.

No entanto, em contrapartida algumas pessoas encontrar no empreendedorismo a força para fugir do desemprego, criar suas oportunidades e dar uma reviravolta na vida financeira. Essa característica de resistência é o principal qualificador de um país empreendedor.

Afinal, a alta taxa de empreendimentos ligada a grande dificuldade em abrir um negócio no país demonstra a força empreendedora da região. E cá entre nós, essa persistência é o maior diferencial entre os empreendedores de sucesso!

Confira a seguir os países classificados como mais empreendedores e ideais para empreender do mundo!

Uganda

O empreendedorismo nas regiões africanas é surpreendente, levando a Uganda para o topo da lista de países mais empreendedores do mundo. Até as últimas pesquisas, cerca de 28% da população de todo o país são adultos que possuem ou são sócios de um negócio.

Um dos pontos que se tornou destaque nos negócios dessa região foi a popularização da fibra ótica, que permitiu a conexão até de aldeias mais distantes à internet. Com isso, os negócios cresceram consideravelmente.

Tailândia

A Tailândia tem destaque em suas atividades empreendedoras para o setor automotivo. Isso, porque, o turismo aquece o mercado e garantem o bom rendimento nos negócios dessa região.

Sendo assim, cerca de 16,7% da população no país trabalha em um negócio próprio – principalmente no ramo de transportes!

Brasil

O Brasil tem tido resultados surpreendentes no empreendedorismo, mesmo se recuperando da crise. Os números de novos empreendedores e empreendedores individuais tem crescido em grande ritmo nos últimos anos.

De acordo com os registros, a maioria dos empreendedores no país vem do setor de vendas. Cerca de 13,8% da população tem o seu próprio negócio, e outra característica que impressiona é que metade desse número é dominada pelo público feminino!

Camarões

A região de camarões tem grande força no setor da indústria e dos serviços alimentares. De acordo com as últimas pesquisas, cerca de 13,7% da população do país tem o seu próprio negócio.

Vietnã

Um dos destaques do Vietnã são as ruas sempre cheias e movimentadas e as diversas barbearias características e tradicionais da região. Com feiras super populares e um público forte no empreendedorismo, cerca de 13,3% da população tem o seu próprio negócio.

Angola

Grande parte do público autônomo da Angola vem dos vendedores de rua, conhecidos popularmente como zungueiros e zungueiras. Os números mostram que o país se mantém forte no empreendedorismo, onde cerca de 12,4% da população trabalha com o seu próprio negócio.

Jamaica

Assim como na Angola, a Jamaica tem destaque para seus empreendedores vendedores de rua. Esse público compõe cerca de 11,9% dos autônomos do país. 

Além disso, a população conta com o incentivo do governo, que apoia os empreendimentos baseados em tecnologia e inovação.

Botswana

Botswana completa a boa colocação dos países africanos entre o top 9 de países mais empreendedores do mundo. Com um marco de 11,1%, a população se destaca como dona do seu próprio negócio, principalmente no campo, com a plantação e venda de trigo. 

Chile

O Chile não só está na lista dos países mais empreendedores do mundo, mas também é considerado um dos países mais prósperos e estáveis da América do Sul. Em relação ao público autônomo, cerca de 11% da população é dona do seu próprio negócio. 

Gostou de saber mais sobre os países mais empreendedores do mundo? Então confira também as dicas do nosso parceiro Cadastro Empresa de como testar uma ideia de negócio 

Deixe um comentário