Primeiro emprego

Se você está entrando agora no mercado de trabalho, ou está em busca do seu primeiro registro de trabalho, podem existir dúvidas na sua cabeça sobre o que pode te ajudar ou atrapalhar certo?

A concorrência acirrada e falta de experiência são obstáculos na conquista do primeiro emprego. Alguns cuidados no entanto, garantem que o candidato drible os desafios e consiga uma vaga.

Entendendo o mercado de trabalho

Primeiro emprego
Primeiro emprego

Existe aquele ciclo – não tenho oportunidade porque preciso de experiência – não tenho experiência, por isso, não consigo oportunidade.

Quando se trata do primeiro emprego, com frequência esse é o principal desafio. Mas a realidade é que há formas de contorná-lo e tornar-se um forte candidato, mesmo ao iniciar a carreira.

De forma geral, esse “despreparo” não está somente relacionado ao conhecimento técnico, mas também à desenvoltura para demonstrar ser o perfil adequado desde o currículo até a entrevista de emprego.

Por isso, destacamos algumas dicas que vão te ajudar a conseguir o primeiro emprego.

Existem vagas em que a experiência profissional relacionada é, de fato, imprescindível – nessas, isso costuma estar destacado nos requisitos.

O primeiro emprego

Primeiro emprego
Primeiro emprego

Porém, nem sempre a falta de experiência profissional é uma barreira na conquista do primeiro emprego.

Muitas empresas preferem jovens que nunca tenham trabalhado. Isso oferece, para a companhia, vantagens como a oportunidade de moldá-los de acordo com seus interesses e perfil da vaga.

Para quem ainda está no Ensino Médio, o ideal são as oportunidades de Jovem Aprendiz, destinadas para esse público.
Depois da faculdade, no entanto, procure por vagas de “analista”, que costumam ser destinadas a quem é recém-formado ou tem pouco tempo de formação.

Trainee

Os programas de Trainee são exemplos disso.

Tanto que a maioria tem previsto ações de desenvolvimento, como treinamentos e job rotation (rotação pelas áreas).

Porém, neles, a concorrência pode ser bem acirrada por conta das condições frequentemente atrativas desses programas, como salário e oportunidades de aprendizado.

Para ter vantagem você precisa dos seguintes requisitos:

  • Atitude
  • Comprometimento
  • Habilidades técnicas
  • Habilidades sociais desenvolvidas

Então a sua jornada deve ser pautada por decisões que possam evidenciar os requisitos listados a cima.

O que buscam os recrutadores

Na hora de fazer o recrutamento cada Recrutador tem seus próprios parâmetros, porem existem critérios que são universais:

  1. Na hora da busca pelo primeiro emprego, recrutadores vão avaliar se a falta de experiências formais é compensada por outras atividades, que tenham ajudado o candidato a se desenvolver.
  2. Se a sua área requer habilidades técnicas, o ideal é que você busque formações que contemplem esses conhecimentos.
  3. Isso vale para outros aspectos. Por exemplo, no processo seletivo para uma vaga que requer bastante trabalho em equipe, o avaliador pode tentar perceber seu nível de inteligência emocional.

Estude e busque experiências alternativas relacionadas ao que é buscado no seu setor.

Para tanto, investigue oportunidades “ideais” para você abertas e anote os pontos em comum, que formam o perfil padrão que tem sido buscado. Aplicando-se para uma posição em específico, não esqueça de pesquisar a cultura da companhia e entender que tipo de profissionais preferem para compor o time.

Eles prezam autonomia e flexibilidade? Ou facilidade em respeitar normas e estabilidade? De acordo com esse tipo de valor, dá para “desenhar” o candidato que buscam.

De forma geral, os recrutadores procuram por profissionais em início de carreira que tenham disposição e iniciativa para aprender, além de capacidade de aprendizado.

Também são valiosos o envolvimento em atividades extracurriculares, articulação para se comunicar e cuidados na escrita.

Finalizando

Você não tem experiências de trabalho formais e full time, porém, é possível utilizar a seção do currículo para destacar outras realizações.

Aqui entram projetos extracurriculares, trabalhos voluntários, grupos de estudo, cursos e, principalmente, a iniciativa do candidato de buscar experiências.

Capacite-se sempre que puder, com treinamentos online ou presenciais.

Quer saber mais?

Se você está com maior conhecimento sobre a busca pelo primeiro emprego e deseja saber mais, leia também: Como arrumar emprego.

1 comentário em “Primeiro emprego”

  1. Pingback: Teste Vocacional

Deixe um comentário