Recolocação profissional

Ser demitido não é algo legal, principalmente se você tiver se dedicado bastante a empresa na qual trabalhava, muitas vezes, quando não é esperado, a sensação de frustração é inevitável.

Atualmente o mercado de trabalho anda muito instável, impulsionado pela crise econômica que o país enfrenta. É crescente a quantidade de empresas que está reduzindo o número de pessoas que compõem seu quadro de colaboradores.

Apesar de alguns enxergarem a demissão como grande impacto, outros enxergam como uma oportunidade de crescimento. É difícil deixar um local que estamos habituados, mas por outro lado, experimentar novos lugares pode valer muito, ter um novo desafio para se motivar e se reinventar.

Se você se encaixa nesse quadro dos que buscam novos ambientes, saiba que aqui temos algumas dicas valiosas para se recolocar no cenário profissional.

O que fazer após uma demissão

Recolocação profissional
Recolocação profissional

Logo que saímos de um trabalho podemos nos sentir meio perdidos, às vezes até sem esperança, mas existem passos importantes que você pode tomar iniciativa imediatamente antes de ir em busca de um novo emprego.

Conte com o Outplacement

Se você enfrentou uma demissão recentemente, verifique se a empresa em que você trabalhou não oferece o benefício do Outplacement, em que a organização fornece orientação e apoio ao profissional que vai começar a procurar um novo emprego.

Esse tipo de serviço não é comum em todos os lugares, mas se seu antigo trabalho tem essa possibilidade, aproveite.

Revise sua carreira por completo

Recolocação profissional
Recolocação profissional

O momento da demissão é uma oportunidade para dar uma revisada em sua vida profissional. Agora é o momento para você olhar sua carreira e com cautela e planejamento, adequá-la ao cenário atual.

  • O que pode ser mudado?
  • Existe algo que está faltando?
  • Será que vale a pena explorar outro segmento?

Defina novas metas, trace novos rumos profissionais
É importante que você leve em conta seu aprendizado, experiências, pontos positivos, pontos de melhoria, entre outros fatores, a partir daí, estabelecer objetivos e metas profissionais, para colocá-lo no caminho que você deseja seguir em sua carreira neste momento.

Lembre-se de nunca esquecer que a cada jornada em uma empresa, adquirimos novas informações e experiências que nos tornam profissionais melhores do que quando estávamos no início desta jornada.

Currículo e redes sociais

Mantenha o currículo sempre atualizado e molde-o de acordo com as necessidades do mercado em que você atua ou deseja atuar a partir de agora.

É importante que você esteja em dia também com os perfis de suas redes sociais de negócio, como o Linkedin, para que assim os recrutadores tenham conhecimento sobre a sua experiência e, assim, a atenção deles, para o profissional que você é, seja despertada.

Vida financeira

Uma dica importante para este momento de recolocação profissional, pois você pode passar um período desempregado. É essencial que você revise seus gastos e corte aquilo que for considerado desnecessário, para que assim você não enfrente dificuldades no futuro e seja obrigado a aceitar um emprego que talvez esteja aquém de suas expectativas.

Aprenda novas coisas

Esteja atualizado profissionalmente, participando de cursos, eventos e palestras da sua área de atuação. Leitura de todos os meios, estejam eles relacionados à sua carreira ou não, também são ótimas opções, isso fará com que você esteja altamente preparado e torne-se um forte candidato a assumir a vaga que almeja.

Com o tempo livre, enquanto busca uma recolocação, você deve aproveitar para crescer e mostrar a sua evolução para o futuro recrutador.

Quero aprender mais!

Esperamos que essas dicas te ajudem a se recolocar no mercado profissional, agora, use essas dicas e alcance o que mais deseja. E que tal saber mais sobre mercado de trabalho? Leia também: Como ser um bom funcionário.

1 comentário em “Recolocação profissional”

Deixe um comentário