Trabalhar com estética

O mercado da estética ganha cada vez mais adeptos, seja como clientes ou como empreendedores. As pessoas estão se cuidando cada vez mais e os empreendedores de plantão já se ligaram nisso e estão investindo no setor.

Prova disso é que nos últimos anos o setor cresceu com o aumento da procura por procedimentos estéticos tanto para mulheres, quanto para homens.

Visando um futuro promissor na área, é comum que cada vez mais profissionais se interessem em trabalhar em clínicas de estética ou até mesmo trabalhar como esteticistas autônomos.

Nesse artigo vamos passar o máximo informações sobre o mercado de trabalho na área da estética. Você vai gostar!

Áreas para trabalhar em clínica de estética

Áreas para trabalhar em clínica de estética

Os profissionais que se identificam com estética, salão de beleza, saúde e cuidados com o corpo em geral, possuem várias áreas de atuação para escolher e se especializar. As áreas mais promissoras dentro das grandes clínicas de estética são:

Estética facial

Na área da estética facial, o profissional irá trabalhar com todo o tipo de cuidados no rosto, passando desde a hidratação até a neutralização de linhas de expressão, por exemplo. Conseguir um emprego de esteticista para trabalhar com estética facial está entre os mais rentáveis. Quem é que não gosta de fazer aquela limpeza de pele todo mês?

Estética corporal

Junto com a estética facial, a estética corporal é uma das áreas mais procuradas dentro da estética e, trabalhar nessa área é certeza de bons ganhos financeiros.

Milhares de pessoas que desejam remover gorduras indesejadas ou simplesmente aumentar a autoestima realizando tratamentos de estrias, celulites e até mesmo procedimentos cirúrgicos, buscam uma clínica estética corporal.

Essas são as duas principais áreas para trabalhar com estética, mas existem outras áreas de atuação, além de micro nichos, ou seja, você pode se especializar em aplicação de botox, por exemplo (desde que tenha conhecimento técnico e teórico que adquiriu através de bons cursos).

Formação para trabalhar com estética

Formação para trabalhar com estética

Para trabalhar como esteticista em clínicas particulares ou como autônomo, é fundamental ter a formação na área de estética. O curso técnico ou graduação de estética tem duração média de 3 anos.

O objetivo de ambos é preparar o profissional no cuidado da beleza e bem estar, onde o mesmo irá aprender as técnicas mais utilizadas e quais são os produtos e equipamentos associados à estética.

Ao fazer um curso na área da estética você vai estar dando grandes passos da concorrência no mercado de trabalho, se distanciando daqueles que tem pouca ou quase nenhuma qualificação profissional para atender os clientes de forma eficaz.

Após fazer um curso técnico ou de graduação em estética, você também fazer vários outros cursos mais específicos na área, como esses três abaixo:

  • Design de sobrancelhas
  • Drenagem linfática
  • Massagem redutora

Fazer cursos rápidos como os citados acima, é uma ótima oportunidade para oferecer mais serviços aos clientes e ser aquele profissional completo na área.

Mercado de trabalho para esteticista

Mercado de trabalho para esteticista

É alta a chance de contratação para o setor da estética, justamente por ser um campo amplo, que está em expansão. O profissional formado em estética poderá trabalhar por conta própria ou como funcionário em:

  • Clínicas de estética
  • Salões de beleza
  • Maquiadora
  • Consultórios médicos
  • SPAs

Quem busca emprego em uma clínica de estética vai trabalhar fazendo limpezas de pele, massagens relaxante, hidratação capilar, etc. Se for mais experiente e tiver um CRM, poderá também fazer procedimentos estéticos mais complexos, como cirurgias, aplicar botox e lifting, por exemplo.

Para trabalhar com estética, é essencial que o profissional goste de cuidar das pessoas, seja concentrado e tenha boa habilidade manual. Por ser uma profissão onde o profissional lida com a vaidade, o esteticista precisa ser extremamente cauteloso, perfeccionista e ter uma boa conduta ética.

O mercado de trabalho para um esteticista é bem receptivo, desde que o profissional tenha capacitação e ofereça serviços impecáveis aos clientes das clínicas de estética.

Como trabalhar com estética em domicílio

Como trabalhar com estética em domicílio

Caso você, esteticista, não queira trabalhar para um clínica de estética (ou salões de beleza, etc), pode optar por atender seus clientes em sua própria casa ou até mesmo na casa deles.

Trabalhar atendendo clientes em casa, ou seja, em domicílio, é uma prática que vem ganhando cada vez mais força em todas as áreas de atuação, pois é uma forma de oferecer conforto e comodidade, com a finalidade de encantar e reter esses clientes.

Nesse caso o cliente não precisa pegar transito para fazer um tratamento estético com você, profissional da estética, ele te espera em casa. Com isso, seu custo para trabalhar é mais barato, pois não vai precisar pagar aluguel de imóvel para atender, por exemplo.

É importante que você tenha recursos próprios para ir até a casa de seu cliente prestar atendimento e não dependa de transporte de terceiros como aplicativos, táxis ou até mesmo transporte público.

Trabalhar com estética em domicílio é uma ótima forma de começar na profissão com pouco investimento e ir crescendo aos poucos, na medida em que sua clientela for crescendo também.

Quando você for grande e tiver uma clínica de estética, pode contratar um profissional para continuar atendendo os clientes em domicílio, como você fazia no início. Não se preocupe em começar pequeno, só se preocupe em começar!

Quanto ganha uma esteticista?

Quanto ganha uma esteticista?

Todo profissional deseja ser bem remunerado vendendo seus produtos ou serviços, com o esteticista não podia ser diferente! Se você estudou e se dedicou para trabalhar na área da estética, quer saber: quanto ganha uma esteticista?

Independente da forma que você decidiu trabalhar, seja como autônoma ou em clínicas de estéticas, o que vai definir seu salário como esteticista, é sua força de vontade em estar sempre atendendo para prestar um ótimo serviços aos clientes.

Mas, sim, trabalhar com estética dá dinheiro, desde que você seja um profissional diferenciado, não seja mais do mesmo! Invista em seu aprendizado e em seu marketing, com isso os resultados vão chegar!

Agora falando sobre valores, o mercado da beleza movimenta bilhões por ano, fazendo com que a profissão de esteticista seja bem promissora. O salário médio de uma esteticista é de R$ 1.500 a R$ 6 mil reais por mês.

Emprego para esteticista

Vagas de emprego para esteticista

O primeiro passo para quem quer emprego em uma clínica de estética é identificar em qual área você deseja trabalhar na clínica (citamos as duas principais áreas acima), depois, investir na formação da área desejada, elaborar um currículo profissional e cadastrar em empresas do ramo estético.

Não se desespere se não aparecer uma oportunidade de emprego na sua área de interesse. Caso tenha oportunidade em outra função na clínica, agarre essa oportunidade e ganhe experiência. Ao ser contratado por uma clínica de estética você já estará perto de realizar seu objetivo.

Para atuar nessa área, não faltam oportunidades, pois grande parte das pessoas que buscam se sentir bem, acabam investindo em tratamentos estéticos para o corpo em geral, portanto, seu função é importante sim!

Abaixo, listamos os principais sites que divulgam vagas de emprego para esteticista. Selecione as vagas que mais lhe agrada e envie seu currículo.

Se sua vontade é trabalhar na área da estética, não fique esperando o momento ideal, faça esse momento ideal ser hoje. Essa é uma das melhores áreas para crescer profissionalmente.