Trabalhar como cuidador de idosos

Nos últimos tempos a profissão de cuidador de idosos ganhou bastante destaque, devido à rotina atarefada que muitas famílias levam no dia a dia, que acabam não tendo tempo para cuidar e dar a devida atenção para um idoso.

Dar banho, trocar fraldas, alimentar, ajudar a se vestir, controlar os horários de remédios, entre outras atividades fazem parte da rotina de quem tem interesse em trabalhar como cuidador de idosos.

Se você tem interesse nessa área, preparamos um conteúdo bem bacana que pode ajudar a tirar algumas dúvidas sobre a profissão. Confira abaixo:

Como trabalhar como cuidador de idosos particular

Trabalhar como cuidador de idosos particular

Como já sabemos, o cuidador de idosos é o profissional responsável por cuidar do bem estar da pessoa da terceira idade. Ele pode auxiliar nas tarefas do dia a dia, assim como administrar os medicamentos e alimentação.

O cuidador de idosos acaba sendo uma ótima companhia para o idoso, levando-o para passear, auxiliando em suas dificuldades, entre outras tarefas.

Se você acha que tem o perfil para trabalhar como cuidador de idosos particular, confira 3 dicas que preparamos para você ter sucesso na área:

Referências

Divulgue sua disponibilidade para cuidar de idosos para os seus amigos, familiares e vizinhos, com a intenção de conseguir experiência. Ser amoroso e paciente contribui muito para conseguir um emprego na área e ter boas referências ajuda ainda mais, portanto, colocar boas referências em seu currículo pode ajudar muito em sua contratação.

Formação

Fazer um curso na área de cuidador de idosos é de extrema importância, pois além de contribuir para encontrar um emprego particular, também te oferece uma boa bagagem para lidar com situações adversas. Entender o mínimo de primeiros socorros faz toda a diferença na busca de uma oportunidade de emprego como cuidador de idosos.

Paciência

Como é um tipo de trabalho que exige uma maior empatia com o próximo, que é quando você é capaz de se colocar no lugar do outro, é necessário que você transmita para a pessoa que irá te contratar toda calma e tranquilidade possível. Afinal de contas, você deve manter a calma para prestar socorro, caso seja necessário e ter paciência durante a sua jornada de trabalho.

Capacitação para trabalhar como cuidador de idosos

Capacitação para trabalhar como cuidador de idosos

Ser cuidador de idosos é uma profissão que exige cursos na área para se destacar dos demais profissionais. A recomendação é um curso técnico ou graduação em enfermagem, mas também existem outros que podem enriquecer seu currículo, como o curso de primeiros socorros.

Existem diversos cursos profissionalizantes para quem procura emprego de cuidador de idosos.

Também é necessário que os interessados em trabalhar nessa área, além da formação, tenham algumas habilidades, como:

  • Paciência
  • Agilidade
  • Pro-atividade
  • Gostar de lidar com idosos
  • Possuir boa comunicação

Exatamente por diversas notícias espalhadas na mídia, sobre profissionais que cuidam de idosos e acabam maltratando os mesmos, muitas pessoas ficam em duvida em solicitar esse tipo de serviço.

Por isso é fundamental a formação e boas referências, caso já trabalhe na área. Se você acaba de concluir algum curso, as principais características a serem analisadas pelo empregador é a sua referência e o amor com que irá tratar o idoso.

Vagas de empregos para cuidador de idosos

Vagas de empregos para cuidador de idosos

O cuidador de idosos pode trabalhar em clínicas ou casas de repouso. Mas o principal foco de um acompanhante de idosos é trabalhar em casas de família, dormindo na casa ou cuidando do idoso na parte da noite, por exemplo.

Confira abaixo alguns sites que divulgam vagas de empregos para cuidadores de idosos:

Trabalhando em uma casa de família, você, cuidador de idosos, terá a importante tarefa de acompanhar o idoso em todas as rotinas do dia a dia, geralmente começando pela manhã e indo até a parte da noite, onde os familiares chegam do trabalho, por exemplo.

As principais tarefas, além de fazer companhia e conversar (ler, contar histórias) é dar remédio e banho, fazer almoço e alimentar esse idoso, sempre com carinho e atenção.

Nos casos das clínicas e asilos, o cuidador não é específico apenas para um idoso, mas sim zelando e cuidando de todos os idosos do local, onde o conhecimento teórico e prático nos cuidados dos idosos serão maiores. Nesse caso você precisa ser técnico em enfermagem ou enfermeiro(a).

Quanto ganha um cuidador de idosos

Quanto ganha um cuidador de idosos

Se você tem interesse em entrar nessa profissão, com certeza tem interesse em saber quanto ganha um cuidador de idosos, certo? É uma pergunta não muito fácil de ser respondida, pois existem algumas variáveis. Mas vamos lá!

Os principais pontos que julgam no salário de um cuidador de idosos, são esses abaixo:

  • Região onde vai trabalhar
  • Renda da família do cuidador
  • Experiência do cuidador
  • Qualificação

O salário de um cuidador de idosos também vai depender dos horários de trabalho, ou escala de trabalho, se for apenas por determinados horários ou se será necessário dormir na residência, por exemplo.

No entanto, a média salarial de um acompanhante de idosos é de R$ 1.000,00 a R$ 2.500,00 por mês. Quanto mais você se dedicar e se qualificar, maior será seu salário trabalhando como acompanhante de idosos!