Trabalhar de babá

Uma coisa é fato e precisa ser dita: criança é uma das melhores coisas que existe! E quem tem a sorte de trabalhar como babá sabe exatamente do que estou falando aqui. E é exatamente sobre a profissão de babá que vamos falar nessa página.

Vamos falar de uma profissão que é bastante comum, que é a cuidadora de crianças, popularmente conhecida como babá (sim, cuidador de crianças e babá é a mesma coisa).

Preparamos um artigo com muito amor e carinho para falar um pouco sobre a profissão de babá. A intenção é ajudar você com algumas dicas valiosas e consequentemente fazer com que você tenha muito sucesso trabalhando nessa área.

Profissão de babá (cuidador de crianças)

Profissão de babá (cuidador de crianças)

A babá é uma profissional que cuida de crianças enquanto os país estão trabalhando ou viajando, mas isso você e todo mundo já sabe. O que talvez não seja de conhecimento de todos, é que para trabalhar cuidando de crianças, não é simplesmente colocar a criança pra dormir e ir assistir novela.

Exercer a profissão de babá, ou cuidador de crianças, como você preferir, exige que o profissional trabalhe com vários detalhes importantes com a criança, desde os cuidados básicos com a higiene, até mesmo tendo noções básicas de primeiros socorros e educação infantil.

É isso mesmo, senhoras e senhores, para trabalhar como babá, é necessários ter qualificação profissional. Ou você acha que os país de uma criança vão deixar os filhos que tanto amam nas mãos de qualquer pessoa?

Falei sobre primeiros socorros e educação infantil, mas isso não significa que você precisa ser uma médica ou uma professor para trabalhar como cuidadora de crianças, é preciso apenas ter noções básicas sobre esses assuntos, para saber lidar com situações desagradáveis que podem acontecer durante o turno de trabalho.

Por enquanto só falamos de uma babá profissional, que vive disso, agora, caso você queira simplesmente cuidar de um sobrinho aos finais de semana e ganhar uma graninha extra, fique tranquila que não é necessário ser tão qualificada, basta saber fazer pipoca.

Capacitação para trabalhar como babá profissional

Capacitação para trabalhar como babá profissional

Gostar de crianças é fundamental para exercer a profissão de babá, mas somente isso não basta! Para se destacar no mercado de trabalho como babá é preciso se especializar, como já foi falado acima.

Já falamos sobre ter noções de primeiros socorros, afinal, cuidar de um recém-nascido ou crianças de até 7 anos de idade não é tão simples e merece cuidados especiais.

Além dos cuidados e paciência, muitos imprevistos podem acontecer e a babá deve estar preparada para lidar com toda situação adversa. Um curso de primeiro socorros, como falamos, irá dar uma boa bagagem para a profissional saber o que fazer em alguma situação de risco.

Além de cursos na área de babá, que ensinam dar banho em bebês, a forma correta de higienização, alimentação e todo desenvolvimento infantil, também contribuem para a formação de babá, cursos de idiomas e de interpretação de texto também, pois uma boa babá pode ajudar nas tarefas escolares e também a contar histórias.

A especialização é de extrema importância para quem procura oportunidades para trabalhar como babá. Empresas especializadas e casas de famílias de classe mais alta exigem que os profissionais tenham cursos específicos na área.

Abaixo listamos alguns cursos na área que você pode fazer e que irão enriquecer seu currículo de babá.

  • Educação infantil
  • Psicologia infantil
  • Nutrição infantil
  • Berçarista
  • Atividades lúdicas
  • Contadores de história
  • Primeiros socorros

Trabalhar como babá sem ter experiência

Trabalhar como babá sem ter experiência

Claro que a experiência é importante, até mesmo para dar mais segurança aos pais das crianças, afinal os pais precisam se sentir seguros, pois a babá é uma pessoa que irá cuidar de seus anjinhos.

Se você deseja buscar a primeira oportunidade de emprego de babá, um bom começo seria oferecer serviços voluntários para adquirir experiência, como em orfanatos, por exemplo. Trabalhar como babá em creches ou até mesmo cuidando de crianças da família ou vizinhos é uma boa oportunidade para você conseguir referências.

Outra forma de conseguir experiência como babá é se inscrevendo em agências de empregos especializadas para babás, onde também você receberá treinamentos gratuito oferecidos por essas agências.

Saia pela vizinhança e compareça em escolas, praças, procurando por pessoas que estejam com crianças e entregue seu cartão de visita. Faça panfletos, anuncie em sua residência, para amigos e familiares. A melhor forma de conseguir trabalho como babá é divulgando com familiares e amigos.

Salário de babá

Salário de babá

Trabalhar com babá já é bom, ser bem remunerado por isso é melhor ainda, não é mesmo?! Então vamos falar um pouco sobre quanto ganha uma babá, para ajudar você a decidir se trabalha nessa área mesmo ou procura outra.

Não é fácil dizer exatamente qual o salário de uma babá, pois existem profissionais que tem qualificação para receber um valor, ao mesmo tempo em que existem profissionais que não tem qualificação para receber esse mesmo valor.

O salário de babá é basicamente estabelecido levando em consideração a qualificação e referências da pessoa, além também da disponibilidade de dormir na casa da criança, de viajar com a família, etc. Quanto mais disposição para estar com a família, melhor remunerada essa pessoa vai ser!

Uma babá ganha em média R$ 1.500,00 por mês, trabalhando durante o dia, enquanto os pais não estão em casa. Já a babá que tem condições de dormir na casa da família recebe um salário de aproximadamente R$ 3.000,00 por mês.

Vagas de emprego para babá

Emprego de babá

Agora que você já sabe os principais detalhes sobre essa profissão, chegou a hora de preparar seu currículo e encontrar um emprego como babá.

Possuir referências ajuda bastante a encontrar uma vaga de emprego de cuidador de crianças. Além de deixar currículos em agências de babá, você também pode procurar algumas vagas em sites como esses abaixo:

Encare seus trabalhos como babá como uma oportunidade de crescer, e não apenas como um bico temporário. A profissão é super valorizada pelas famílias, e não deve ser menosprezada. Desejo muito sucesso!